segunda-feira, 7 de novembro de 2016

O bom de ir dormir na Lomba da Maia...

Ir dormir à Lomba da Maia nesta altura e a partir de agora tem os seus senãos.
O frio começa a ser bastante (e daqui para a frente tende a piorar!) e adormecer tem sido complicado, principalmente para quem, como eu, não adormece enquanto o corpo não tem uma temperatura amena... Não sei como fazem aquelas pessoas que vivem no norte do país ou junto à Serra da Estrela... Eu não conseguiria viver num sítio muito gelado... não conseguiria mesmo!...
Apesar disso e apesar de ter de acordar mais cedo (para fazer a viagem para Ponta Delgada e chegar cedo ao trabalho!), fico com a sensação de objetivo cumprido, que valeu a pena passar aquele frio todo, quando me levanto, preparo-me e saio de casa e deixo a minha M. no quentinho da cama a dormir como um anjinho por mais um bocadinho... Isso vale tudo! Sempre farei tudo pelo seu bem estar.
Outra vantagem é que, além de aproveitar para ver a minha avó que ainda está em baixo de forma e de estar com a minha família, tenho a viagem inteira para ouvir rádio (o que me desperta e me dá boa disposição - obrigada ao Café da Manhã da RFM!) e, em dias bons como o de hoje, admirar a vista magnífica que é esta minha ilha, que parece ter sido recortada ao pormenor por Deus.

(As fotos não fazem jus ao bonito que é, pois foram tiradas em andamento...)
(costa norte da ilha)

(avistar Ponta Delgada, parte sul da ilha)




Sem comentários:

Publicar um comentário